qua. jul 6th, 2022

Diferenças das trajetórias dos imigrantes para o Brasil e imigrantes brasileiros para o Japão

Ponto de vista:

Imigrantes japoneses e imigrantes brasileiros

Vale a pena uma reflexão sobre as diferenças das trajetórias dos imigrantes para o Brasil e imigrantes brasileiros para o Japão para podermos traçar um futuro melhor para os nossos filhos que vivem no Japão.

A mais importante diferença entre esses dois movimentos é o fato de que:
Os japoneses, após conseguir obter dinheiro nos cafezais, compraram terras no Brasil para o seu próprio plantio, tornando-se independentes dos colonos, ou seja, trabalharam para colher frutos do próprio plantio.

Os brasileiros que na grande maioria continua trabalhando em fábricas, não possuem terrenos próprios (ou fábricas próprias) como fizeram os japoneses. “Continuamos colhendo frutos dos pomares alheios e para eles, não do seu próprio plantio para si”.

Enquanto os japoneses foram conquistando seu espaço como donos dos próprios negócios, muitos continuam sendo empregados dos japoneses.
Se pensa em permanecer no Japão, que tal pensarmos sobre como mudar essa situação?
Se na primeira geração de brasileiros ainda não conseguimos,que tal investir na qualificação e planejamento de carreira para a segunda geração?
A segunda geração de brasileiros estão entrando para o mercado de trabalho sabendo dos costumes e rompendo barreira do idioma mas ainda sofrem com outras barreiras.

O Projeto INTEGRA e Projeto Tenshoku Shien foi criado para para contribuir a superar as barreiras.

Fique por dentro!

Seja informado sobre novos artigos.

Veja mais:

Carreira

Assessoria Total para Empregos Efetivos

Assessoria Total para Empregos Efetivos, nasceu da necessidade de encontrar soluções para trabalhadores estrangeiros que buscam empregos estáveis, profissionalizantes ou profissionais. Consiste em buscar junto a empresas japonesas a admissão direta e como FUNCIONÁRIOS EFETIVOS (SEISHAIN). Ao contrário do que acontece atualmente com empregos temporários através das “empreiteiras” ou “hakengaisha”, o SEISHAIN é o modelo de contratação tradicional de um pouco mais de 60% dos trabalhadores do Japão. Oferece como admissão direta, sem limite de prazo no contrato, com todos os benefícios sociais, treinamento técnico por conta da empresa e oportunidade de ascensão na carreira, além de outros benefícios extra salariais. Outra vantagem de ser um FUNCIONÁRIO EFETIVO é o

Artigos

Reflexão sobre os 30 anos de Japão

Em 2020, completa-se 114 anos da imigração japonesa no Brasil e 30 anos da alteração na Lei de Imigração japonesa que deu início à formação da comunidade brasileira no Japão. No começo éramos todos funcionários efetivos. A migração de brasileiros descendentes de japoneses havia começado timidamente no final da década de 1980. Os que vieram naquela época, tiveram saldos super positivos e fizeram a fama de que trabalhar no Japão era a solução para o enriquecimento rápido e certeiro. Resultou em movimento dekassegui dos anos 90 onde em apenas 5 anos, em 1995 somava quase 150.000 pessoas em todo o Japão. E assim foi crescendo até chegar a alcançar cerca

Deseja receber orientação gratuita?

Orientação de vida e carreira no Japão!